• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

05/02/2016 10:10

Bloco Os Mascarados apoia mais uma vez a Campanha “Vá na moral ou vai se dar mal”

A Campanha “Vá na moral ou vai se dar mal” conta mais uma vez com apoio do bloco “Os Mascarados” durante o Carnaval da Bahia. Na noite de ontem (04), o bloco puxado pela banda Mascarados, com participação do músico e convidado da noite, Armandinho, e da rainha e do rei, Márcia Castro e Gerônimo, mostrou que faz parte desta luta.

A Secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, marcou presença no bloco, que desfilou no circuito Dodô, na Barra-Ondina.

No bloco, foi distribuído material informativo sobre o enfrentamento à violência contra a mulher no Carnaval, apresentando aos foliões os tipos de violência mais comuns durante a festa.

O material também informa o endereço e telefone da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – DEAM, que contará com reforço durante o plantão de carnaval, com profissionais que atuam nas Unidades Móveis e atendem mulheres de comunidades rurais, prestando acolhimento, apoio psicológico e orientação às vítimas.

Uma das novidades deste ano que também teve espaço no bloco Alerta Geral é a boneca gigante com caricatura da madrinha da campanha Maria da Penha, inspirada nos bonecões do carnaval de Olinda.

Campanha

O principal objetivo da campanha é mobilizar e conscientizar a população, de maneira lúdica e criativa, em relação à necessidade de superarmos a violência de gênero, difundindo, mais amplamente, o respeito e a paz entre homens e mulheres.

Este ano, a campanha conta com o apoio do Instituto Avon, que tem a missão de promover a saúde e o bem estar da mulher por meio da mobilização da sociedade, e tem como madrinha Maria da Penha, que emprestou seu nome à Lei 11.340 de 2006, que foi instituída na legislação brasileira, para punir os autores de crimes de violência doméstica contra a mulher. Em 2016, a lei completa 10 anos de existência.

Ascom SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.