• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

08/02/2016 13:00

Bloco Afro Didá homenageia mulheres do Pelourinho e apoia luta pelo fim da violência durante o carnaval

O Bloco Afro Didá que este ano homenageia as mulheres do Pelourinho, contando suas histórias através das canções e danças interpretadas na avenida, também apoia a luta pelo fim da violência contra a mulher no Carnaval da Bahia 2016.

Em seu desfile nesta segunda-feira (08), no circuito Osmar, no Campo Grande, o bloco demonstrou apoio à Campanha “Vá na moral ou vai se dar mal” da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA).

A Secretária Olívia Santana marcou presença na saída do bloco, e agradeceu à Didá pela parceria nesta luta, ressaltando que o importante é que sejam respeitados os limites durante os dias de festa, garantindo que a mulher tenha liberdade e respeito à sua integridade. A gestora também frisou a atuação da Ronda Maria da Penha no circuito do Campo Grande, como uma das ações de proteção à mulher durante o carnaval.

Uma ação de conscientização está sendo realizada junto às foliãs, com a distribuição de material informativo, que apresenta os tipos de violência mais comuns durante a festa, e informa o endereço e o telefone da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – DEAM, que conta com reforço durante o plantão de carnaval.

A novidade da campanha este ano, a boneca gigante, semelhante aos bonecões do Carnaval de Olinda, em homenagem à madrinha da campanha, Maria da Penha, também está fazendo parte da ativação no bloco.

Este ano, a campanha “Vá na moral ou vai se dar mal” conta com o apoio do Instituto Avon que tem a missão de promover a saúde e o bem estar da mulher por meio da mobilização da sociedade.

Ascom SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.