• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

06/07/2016 17:10

SPM-BA dialoga com a Secretaria da Mulher de Camaçari a instalação da Operação Ronda Maria da Penha no Município

A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), Olívia Santana, recebeu na tarde de hoje (06), no gabinete da SPM-BA, a Secretária da Mulher de Camaçari, Suzana Graziela de Lima, e sua assessora, Maria Araújo Bandeira, para dialogar as políticas públicas para as mulheres no município. A Coordenadora do Eixo de Violência da SPM-BA, Ângela Virgens, também participou da reunião.

Durante o encontro, as Secretárias trataram da instalação da Operação Ronda Maria da Penha (RMP) em Camaçari. Segundo Suzana toda articulação para a instalação do equipamento no município já foi feita e agora estão aguardando apenas os ajustes finais para a implementação.

“A ida da Ronda Maria da Penha para Camaçari será uma vitória para as mulheres do município, visto os resultados que a operação já tem atingido nos locais onde tem atuado”, afirmou a secretária.

A Ronda

Foi criada através do Termo de Cooperação assinado em 08 de março de 2015 - Dia Internacional da Mulher -, em Salvador, pelas Secretarias baianas de Política para as Mulheres e de Segurança Pública, junto à Defensoria Pública, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça.

A Ronda Maria da Penha prevê cooperação mútua entre os órgãos envolvidos para promover: a capacitação de policiais militares que executarão a ronda, além da qualificação dos serviços de atendimento, apoio e orientação nas ocorrências policiais envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica, para prevenir e reprimir atos de violações de dignidade do gênero feminino no enfrentamento à violência doméstica e familiar; garantir o cumprimento das Medidas Protetivas de Urgência; a dissuasão e repressão ao descumprimento de ordem judicial; o encaminhamento das vítimas à Rede de Atendimento à Mulher vítima de violência doméstica no âmbito municipal ou estadual; e a implantação da Sala Lilás, para acolhimento e atendimento qualificado às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

Com início de suas atividades em março de 2015, no Subúrbio Ferroviário soteropolitano, local com o maior número de vítimas de violência doméstica da cidade, a RMP já conta com a atuação de cerca de 60 profissionais qualificados, que fizeram parte das três turmas que concluíram a capacitação em 2015.

Além de ter chegado aos municípios de Juazeiro e Paulo Afonso, a Ronda também já participou de grandes eventos, como o Carnaval da Bahia de 2016, e a Micareta de Feira de Santana do mesmo ano.

Ascom SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.