• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

29/07/2016 15:00

Valença recebe Capacitação sobre Enfrentamento ao Tráfico de Mulheres

A Secretaria Estadual de Política para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) realizará uma Capacitação sobre Enfrentamento ao Tráfico de Mulheres, em Valença. A atividade será realizada na próxima semana, no período de 01 a 04 de agosto, no auditório da Comissão Executiva Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC).

A capacitação contará com a parceria da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), do Centro de Referência em Atendimento à Mulher em Situação de Violência e da Secretaria Municipal de Promoção Social, ambas do município de Valença.

A ação que faz parte do Projeto “Promoção dos Direitos Humanos das Mulheres da Bahia: Cidadania e Erradicação da Violência Contra as Mulheres Urbanas e Rurais” integrará a Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, promovida pela SJDHDS.

Participarão da capacitação representantes do Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, servidoras/es públicas/os municipais e estaduais, profissionais que atuam nas áreas de Turismo, enfrentamento a violência, segurança pública e operadores do Direito.

Dentre as temáticas que serão abordadas estão: Noções e Relações de Gênero; Políticas de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas; Noções de Raça e Racismo; Exploração de Gênero no Desenvolvimento do Turismo; e Tráfico de Mulheres.

Promoção dos Direitos Humanos das Mulheres na Bahia

Realizado através da iniciativa da SPM-BA, em parceria com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos (SDH), o Projeto Promoção dos Direitos Humanos das Mulheres na Bahia Cidadania e Erradicação da Violência contra as Mulheres Urbanas e Rurais tem como principal objetivo realizar cursos de capacitação em Direitos Humanos e Cidadania para as internas em unidades prisionais, cursos de capacitação sobre a temática da violência doméstica para organizações da sociedade civil e capacitação sobre o tráfico e exploração sexual de mulheres para servidoras/es públicas/os municipais e estaduais, profissionais que atuam nas áreas de Turismo, enfrentamento a violência, segurança pública e operadores do Direito.

Ascom SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.