• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

14/03/2017 18:00

Caravana Cravos e Rosas movimenta Mata de São João

A “Caravana Cravos e Rosas na Paz – Unidos pelo fim da violência contra a mulher” reuniu, hoje (14), em Mata de São João, na região metropolitana de Salvador, jovens, adultos e idosos em oficinas e rodas de diálogo com o objetivo de sensibilizar a todos para o combate à violência contra as mulheres. Na abertura do evento, a secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, convocou os presentes para se engajarem na luta contra a violência de gênero e no combate ao tráfico de mulheres.

Na ocasião, a secretária da SPM-BA ressaltou que uma em cada três mulheres a partir dos 16 anos sofreu algum tipo de agressão nos últimos 12 meses, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada no Dia Internacional de Mulher, oito de março. “Não vamos pensar que quem sofre a violência está distante de nós. Muitas vezes está ao nosso lado e tem vergonha de dizer. Essa violência, que algumas vezes pode levar à morte, é uma das faces mais cruéis do machismo”, afirmou.

A Caravana Cravos e Rosas é parte da campanha “Respeita as Mina”, lançada no Carnaval, que continua com ações ao longo do ano. “Essa campanha passou a ser uma urgência. A violência contra a mulher é um problema de saúde pública”, disse, ressaltando o engajamento do Governo do Estado, de artistas e da população em geral. A solenidade de abertura da caravana teve a participação da vice-prefeita e secretária municipal de Ação Social, Luciene Tavares Cardoso, do delegado de Mata de São João, Maurício Rocha Dias, além de representantes da administração municipal, da rede de atenção à mulher no município e da sociedade civil.

PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA

A terceira edição da “Cravos e Rosas” teve uma programação diversificada com atividades específicas para cada público. No auditório central, técnicas da SPM-BA participaram de um bate-papo com dezenas de idosos. Um dos momentos mais animados foi a apresentação do grupo de teatro “As rosas da democracia”. Com uma linguagem simples e bem-humorada, o grupo divertiu a plateia ao rechaçar piadas e ditados machistas repetidos muitas vezes sem que se tenha consciência do conteúdo discriminatório.

Estudantes de escola pública do ensino fundamental e médio participaram de uma roda de diálogo com o tema “A juventude e o enfrentamento da violência contra as mulheres”, coordenada pela técnica Natália Gonçalves, eleita recentemente presidente do Conselho Estadual da Juventude. Representantes da rede de atenção do município participaram de uma oficina com o objetivo de melhor articular o acolhimento às mulheres em situação de violência.

Como parte da caravana, acontecerá até o dia 17, na Escola Municipal Monsenhor Barbosa, as oficinas de enfrentamento ao tráfico de mulheres com ações de capacitação para a rede de serviços de saúde, educação, segurança, ação social e sociedade civil. As oficinas integram o projeto Promoção dos Direitos das Mulheres na Bahia, desenvolvido em parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.