• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

02/06/2017 11:40

“Desafios Bahia Hackathon – Respeita as Mina” começa neste sábado na UFBA

Um evento inédito na Bahia reunirá programadores, hackers e inventores com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas voltadas para o fortalecimento da política de combate à violência contra as mulheres. A primeira edição dos “Desafios Bahia Hackathon – Respeita as Mina” será nos dias 03 e 04 de junho (sábado e domingo), no Instituto de Matemática da UFBa, em Ondina. As equipes trabalharão durante 33 horas ininterruptas buscando criar projetos inovadores por meio da tecnologia digital dentro da temática da campanha “Respeita as Mina”, lançada pelo governo do estado. O evento é realizado pela UFBa em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação (Secti) e Operação Ronda Maria da Penha.

As oito equipes selecionadas para o Desafio Bahia Hackathon são formadas majoritariamente por mulheres. Os projetos a serem desenvolvidos devem obedecer a uma das duas modalidades: web ou aplicativos mobile (programas para serem instalados em celular). Cada grupo realizará apenas um projeto que será apresentado ao final das 33 horas de competição. Na abertura do evento, a secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira, apresentará um desafio para que os competidores apresentem soluções inovadoras que auxiliem na redução dos índices de violência contra as mulheres. A premiação consta de ingressos para a Campus Party, que se realizará em agosto, em Salvador, além de mentoria de modelo de negócio com o Sebrae, consultoria de tecnologia e desenvolvimento com a empresa StartOnApp e de Direitos Humanos para empresas com a Evelle Consultoria.

A titular da SPM-BA, Julieta Palmeira, ressalta a importância da parceria com o programa “Meninas Digitais”, responsável pela produção do evento, por dar mais visibilidade ao protagonismo das mulheres na área da tecnologia, criação e desenvolvimento de softwares. “Buscamos fortalecer e potencializar, através do desenvolvimento de novas tecnologias, o entrosamento entre as diversas áreas da rede de atenção à mulher em situação de violência”, afirma. Os projetos apresentados serão avaliados por uma comissão julgadora formada por representantes da Operação Ronda Maria da Penha (major Denice Santiago), da SPM-BA, UFBa. Secti, além da Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC) e da Empresa StartOnApp e da Evellen Consultoria.

Edição “Respeita as Mina”

A primeira edição dos Desafios Bahia Hackthon tem como tema a campanha Respeita as Mina, lançada pelo governo do Estado no Carnaval. Devido ao sucesso e a aceitação popular, a campanha Respeita as Mina se tornou permanente e abriga todos os projetos da SPM-BA voltados para o enfrentamento à violência contra as mulheres. A campanha tem como objetivo sensibilizar a população para a importância de se engajar na luta contra os vários tipos de violência às mulheres, que impactam na vida de milhares de pessoas.

A Bahia ocupa, atualmente, a 12ª posição no ranking nacional de assassinato de mulheres com uma taxa de 5,8 em cada 100 mil, segundo o último Mapa da Violência, laçado em 2015. A taxa está acima da média nacional que é de 4,8 para cada 100 mil. O estado foi o terceiro com maior crescimento percentual de homicídio de mulheres no período de 2003 e 2013. Só este ano já foram registrados 15.751 casos de violência contra as mulheres no estado, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Foi mais de 150 casos de estupro e 14 casos de feminicídio, crime motivado pela condição de gênero.

SERVIÇO

Desafios Bahia Hackathon

03 e 04 de junho

Local: Instituto de Matemática e Estatística da UFBa (Ondina)

Hora: 09

Outras informações: https://hackathon.ufba.br

ASCOM/SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.