• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

28/06/2017 10:40

Artistas aderem à campanha Respeita as Mina nos festejos juninos

A campanha Respeita as Mina de combate à violência contra as mulheres contou com o apoio de artistas que se apresentaram nas quatro cidades que firmaram parceria com a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA). Adelmário Coelho, Cicinho de Assis, Chimbinho do Acordeon foram algumas das atrações que abraçaram o “Respeita as Mina”. Os sertanejos Leonardo e a dupla Cesar Menotti e Fabiano também posaram com a ventarola alusiva à campanha, que já se tornou uma marca nas fotos e selfies registradas em redes sociais.

A campanha esteve presente, oficialmente, nas cidades de Amargosa, Cruz das Almas, Senhor do Bonfim e Uauá, mas os municípios de Jaguarari, no centro-norte baiano, e Santo Amaro, no recôncavo, também participaram com ações voluntárias. Em Santo Amaro a campanha teve o apoio do Núcleo de Atendimento à Mulher Zilda Paim. O sucesso da campanha no São João foi tanto que um grupo de voluntários fará um trabalho de sensibilização, com a distribuição de material informativo, na festa de São Pedro em Jaguarari, município que fica a 25 quilômetros de Senhor do Bonfim.

Durante os festejos de São João, equipes de ativação distribuíram praguinhas e ventarolas nos terminais de passageiros e também nos arraiás montados nas principais praças das cidades, que estão entre as mais visitadas nesse período na Bahia. Além do material informativo, os municípios exibiram um vídeo da campanha no intervalo dos shows das atrações principais. No vídeo, a cantora Larissa Luz chama a atenção para o assédio frequente nas festas de rua e convoca a população para aderir à campanha de combate à violência contra as mulheres e também denunciar os abusos por meio da central disque-180.

A adesão dos visitantes e da população local dos municípios animou as prefeituras a firmar nova parceria ano que vem, além de reforçar as ações de combate à violência de gênero inclusive com ações educativas nas escolas. “Foi um momento importante para nós. Essa é nossa bandeira, o respeito às mulheres. Mulheres são violentadas nos seus direitos todos os dias e isso precisa ser sanado”, disse Selma Rodrigues, representante do Conselho da Mulher de Amargosa.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.