Notícias

02/01/2018 10:41

Mulher é morta por marido em passarela na frente das filhas

Fonte: Correio

Joelma Reis da Silva, 28 anos, foi morta a facadas e quase degolada, na frente das filhas, de 2 e 9 anos, na noite da última sexta-feira (29), em uma passarela improvisada no canteiro central da Avenida Paralela, na região do Bairro da Paz. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de ter cometido o crime é o companheiro da vítima, Remerson Lima de Souza, conhecido como Zoião, 41, que não aceitava o fim do relacionamento.

Ainda de acordo com a polícia, a filha mais velha de Joelma quase foi atropelada ao pedir socorro, no meio da pista, aos carros que passavam. Remerson, que tem passagens pela polícia pelos crimes de roubo e formação de quadrilha, não aceitava o final do relacionamento e, de acordo com as investigações, o assunto era discutido entre o casal minutos antes do crime.

"A mulher foi golpeada várias vezes na região do pescoço, com uma faca do tipo peixeira, ao ponto de quase ser decapitada", informa a nota da Polícia Civil, acrescentando ainda que, após o crime, o acusado saiu do local andando na companhia da mãe, Raimunda Justina Lima, e com a criança de 2 anos no colo. Ele é procurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP) .

A polícia orienta que, qualquer pessoa que reconhecer Remerson pela foto que está sendo distribuída pelo DHPP ou souber de seu paradeiro, poderá enviar as informações pelo Disque Denúncia, 2325–0000. O sigilo é garantido.

Logo após o crime, policiais militares da 82ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/CAB/Paralela) foram acionados via Centro Integrado de Comunicações (Cicom). Ao chegar ao local, a equipe constatou o fato. Os PMs isolaram a área do crime e acionaram o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para proceder com a perícia e remoção do corpo.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.