• Sei Bahia

Notícias

07/02/2018 13:30

Coletiva apresenta ações sociais do Governo do Estado para o Carnaval

As ações sociais do Governo do Estado para o Carnaval deste ano foram apresentadas na tarde de ontem (06), no Foyer do Teatro Castro Alves, em Salvador. Com a presença de representantes da sociedade civil, as secretarias estaduais de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) divulgaram as iniciativas a serem implantadas na maior festa de rua do mundo.

Os objetivos e as orientações das pastas são claros: conscientizar baianos e turistas para que curtam a festa com tranquilidade, além de enfrentar qualquer tipo de violência contra mulheres, comunidade lgbt, negros, pessoas com deficiência, crianças e adolescentes. Trabalho infantil e o combate à exploração sexual também fazem parte das ações.

Titular da SPM-BA, Julieta Palmeira apresentou a campanha Respeita as Mina que, neste ano, traz frases que chamam a atenção dos foliões e foliãs para as ações e comportamentos, naturalizados durante a folia, mas que caracterizam assédio sexual. “Paquera pode, assédio não pode”, “na boa, pode. Na força, não pode”, “olhar pode. Constranger não pode”.

“O assédio se caracteriza quando uma das partes não quer. Ninguém está dizendo que não pode paquerar ou olhar uma mulher, o que não pode é assediar, constranger, ser violento quando a mulher não corresponde à paquera. O assédio se caracteriza quando uma das partes não quer. É simples”, disse Julieta Palmeira.

Em 2018, as ações da campanha serão ampliadas, incluindo hotéis, pousadas, hostels e albergues, instalados no circuito Barra-Ondina e Pelourinho. A SPM-BA firmou uma parceria com a Associação Baiana da Indústria de Hotéis (ABIH) visando conscientizar os hóspedes sobre questões referentes à violência de gênero e o combate ao tráfico de mulheres.

Pela primeira vez, a SPM-BA estará também no circuito do Carnaval com uma Unidade Móvel, em parceria com o Hospital da Mulher (Circuito Barra- Ondina), e outra em parceria com a Ronda Maria da Penha (Praça Municipal) para orientações às mulheres em situação de violência física e sexual, que deverão ser encaminhadas para as unidades de atendimento.

As ações de sensibilização nos pontos receptivos (Rodoviária, Terminal de São Joaquim, Porto e Aeroporto de Salvador) estão mantidas, na capital e em cidades do interior que promovem o Carnaval. As ações serão realizadas nos blocos (principalmente os formados exclusivamente por homens), camarotes e nos portais de entrada de foliões, nos circuitos da folia.

Trio Respeita as Mina

Pelo segundo ano, o “Trio Respeita As Mina” reforçará a campanha da SPM-BA na luta contra o machismo e pela igualdade de gênero. O sairá na segunda-feira (12), no circuito Osmar (Campo Grande), puxado pelas cantoras baianas Larissa luz, Pitty e Karina Buhr. A iniciativa é da SPM-BA em parceria com a Maré Produções Culturais, com patrocínio da Bahiagás e Bahiatursa.

Promovido pela SJDHDS, o evento contou com a presença do secretário Carlos Martins, que apresentou a campanha Fique de Olho, pelas secretárias da Sepromi, Fábya Reis, e da Setre, Olívia Santana, além de representantes da Defensoria Pública, Ministério Público, Polícia Militar e Plan International.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.