• RH Bahia

Notícias

09/02/2018 10:00

Pode, não pode da campanha Respeita as Mina toma conta do Carnaval

No primeiro dia da folia (08), no Campo Grande, o governador Rui Costa e a primeira-dama Aline Peixoto juntaram-se ao ‘Pode, não pode’ da campanha Respeita as Mina. O intuito é lembrar que quando uma mulher diz não é não.

O Carnaval é muito esperado por todos. Mas, também, é uma época em que as mulheres são assediadas e muitas vezes violentadas por não retribuírem às investidas dos homens. Para sensibilizar a população no sentido de respeitar a vontade das baianas e turistas, o Governo do Estado, através da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), traz esse ano para a festa o ‘Pode, não pode’ da campanha Respeita as Mina.

Com mensagens que chamam a atenção dos foliões e foliãs para as ações que caracterizam assédio sexual, como ‘Paquera pode, assédio não pode’, ‘na boa, pode. Na força, não pode’, a campanha caiu no gosto da população. E a intenção é justamente essa: de forma leve e bem humorada, conscientizar as pessoas e enfrentar qualquer tipo de violência contra as mulheres.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.