• Orientações Covid 19
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • Banner Racismo

Dignidade Menstrual

dignidade menstrual

A dignidade menstrual é considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) uma questão de saúde pública e de direitos humanos, indispensável para garantia dos direitos sexuais e reprodutivos, além de ser uma maneira de assegurar o direito à autonomia corporal e a autodeterminação para pessoas que menstruam, conforme o relatório Pobreza Menstrual no Brasil, produzido pelo UNICEF.

Segundo a ONU, estima-se que uma em cada dez meninas, no mundo, falte aulas quando estão menstruadas por não ter produtos de higiene específicos. Diante desse cenário, o Governo da Bahia, por meio das Secretarias da Educação (SEC) e de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), apresenta o Programa “Dignidade Menstrual” de forma a contemplar iniciativas para a redução da pobreza menstrual na Bahia, mediante resgate da dignidade humana para pessoas que menstruam, por meio da distribuição dos absorventes para pessoas em condição de pobreza/extrema pobreza, durante todo o ano, da realização de processos formativos com estudantes, professores e gestores e disponibilização de cartilhas educativas/ informativas.

Acreditamos que as discussões sobre esse tema e, principalmente, a quebra de tabus, que ainda estão presentes em nossa sociedade em torno da menstruação - e a formação de uma nova cultura comportamental possam ser estimulados em nossas escolas no que tange à saúde menstrual. Ademais, a escola é lugar de compartilhar conhecimento, de afeto, de cooperação, de empatia e, principalmente, de todEs e para todEs!


Formação

O processo de formação escolar visa criar um ambiente favorável para falarmos desse assunto sem constrangimento e quebrando tabus”, assim, será possível estabelecer políticas educacionais articuladas com práticas sociais que contribuam para a formação integral dos estudantes da rede pública estadual, através da promoção de conhecimentos sobre saúde menstrual e, consequentemente, possibilitando a quebra de tabus sobre os assuntos referente a menstruação.

Objetivos específicos da atividade formativa são:

> Instrumentalizar os estudantes sobre saúde menstrual, direitos sexuais e reprodutivos nas unidades escolares da rede estadual;

> Mostrar a importância da saúde menstrual, da adoção dos hábitos e cuidados pessoais;

> Realizar reflexões sobre qualidade de vida.

> Desenvolver a autoestima, o autocuidado, a empatia de forma a  oportunizar modificações comportamentais  de forma a promover a construção de uma nova percepção da vida;

> Promover a quebra de paradigmas sobre menstruação;

> Fortalecer  um  sistema educacional  inclusivo;

> Fomentar a educação entre pares na perspectiva do jovem educa jovem e do diálogo intergeracional visando a disseminação e enraizamento dos conteúdos;

> Promover discussões sobre a temática nas unidades escolares.

Para concretização dos objetivos, os conteúdos serão trabalhados a partir dos aspectos biológicos/fisiológicos, sociais/comportamentais, visando o conhecimento, a empatia e a dignidade.


Materiais didáticos


Cartilha - Saúde Menstrual é um Direito

Cartilha - Saúde Menstrual é um Direito. Menstruação não é só para meninas

 

Fonte: SPM e SEC

Recomendar esta página via e-mail: