• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

27/01/2016 18:00

Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia promove encontro com Maria da Penha em Salvador

Será realizado na tarde de amanhã (28), às 14h, um encontro com Maria da Penha, que será a madrinha da campanha de enfrentamento à violência contra a mulher do Carnaval da Bahia deste ano. O evento acontecerá no Sheraton da Bahia Hotel, no Campo Grande.

No local, serão apresentadas as ações da campanha “Vá na moral ou vai se dar mal!”, que está em sua segunda edição, e será executada durante o Carnaval da Bahia, que tem início no próximo dia 04 de fevereiro.

O evento contará com a presença da Secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, de Gestoras de Políticas para as Mulheres de todo o estado da Bahia, além de representações políticas femininas, artistas e outras autoridades.

O principal objetivo da campanha “Vá na moral ou vai se dar mal” é mobilizar e conscientizar a população, de maneira lúdica e criativa, em relação à necessidade de superarmos a violência de gênero, difundindo, mais amplamente, o respeito e a paz entre homens e mulheres. No contexto do Carnaval, combatendo as agressões mais comuns: puxar o cabelo, beijar forçadamente, xingar, humilhar, forçar a fazer algo sem consentimento, tirar a liberdade de ir e vir, dentre outras.

O encontro é promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), com apoio da Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia, da Bahiagás, e da Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres da Câmara de Vereadores.

A madrinha, Maria da Penha, também participará da coletiva de imprensa do Governo do Estado da Bahia, que acontece no mesmo dia, às 10h, também no hotel, para apresentar todas as ações do governo baiano para a edição de 2016 da maior festa de rua do planeta.

Maria da Penha

Maria da Penha é uma mulher brasileira e nordestina, que tem em sua história de vida a marca da violência doméstica. Ela emprestou seu nome à Lei 11.340 de 2006, que foi instituída na legislação brasileira, para punir os autores de crimes de violência doméstica contra a mulher.

Em 2016, a lei completa 10 anos de existência, e é motivo de comemoração por ser um dos instrumentos que mais auxilia no combate à violência sofrida pelas mulheres brasileiras, que encontram em Maria da Penha, um exemplo de luta e força.

Ascom SPM-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.