• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

25/05/2017 14:50

Caravana Respeita As Mina passa por Alagoinhas

Em sua sexta edição, a Caravana Respeita As Mina passou pela cidade de Alagoinhas, a 108 quilômetros de Salvador, nesta quarta-feira (24), levando informação e buscando sensibilizar a população para o combate à violência contra a mulher. Equipe de técnicas da Secretaria de Política para as Mulheres (SPM-BA) ministraram quatro oficinas de capacitação e conscientização sobre gênero no Centro de Cultura Alfredo Menezes, para um público diverso: representantes da sociedade civil, da rede de atenção à mulher em situação de violência, da área de segurança, além de estudantes.

Na ocasião, a coordenadora executiva de ações temáticas (CAT) da SPM-BA, Jucinalva Peruna, representou a secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira. e ressaltou a importância do projeto: “a cada caravana realizada plantamos a semente do conhecimento e da importância de combater todo e qualquer tipo de violência, principalmente contra as mulheres. Precisamos continuar nessa luta diária de disseminar para toda a sociedade o compromisso com a vida.”.

O prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), parabenizou o projeto da SPM-BA e se mostrou feliz em receber a caravana na cidade. “Sinto-me feliz em ser anfitrião da caravana. Jamais saímos de um evento como esse da mesma forma que entramos. É preciso que mais homens sejam alcançados para falar sobre essa temática tão importante para que a violência contra as mulheres seja reduzida e um dia extinta”, afirmou.

Rosas Pela Democracia

O grupo de teatro “Rosas pela democracia” abriu o evento, de forma bem descontraída, com uma apresentação abordando a temática do machismo e incentivando a sociedade a denunciar os casos de violência por meio da Central de Atendimento à Mulher, o disque 180. O evento contou ainda com a participação do grupo de capoeira do município, Manhas de Bambas.

A Caravana


A Caravana Respeita as Mina é uma parceria com o Instituto Avon e conta com o apoio da ONU Mulheres e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher da Bahia (CDDM). Em Alagoinhas, a caravana teve apoio da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer e Secretaria de Reparação Social. Representantes do Centro de Referência no Atendimento à Mulher (CRAM) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), além da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) também participaram do evento.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.