• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

14/07/2017 12:00

Empoderamento das Mulheres de Circo é apresentado pela Funceb à SPM-BA

Empoderar as mulheres circenses, contribuir para o aumento de mulheres palhaças e promover a qualificação das mesmas. Esses são alguns dos objetivos do projeto Empoderamento das Mulheres de Circo, criado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia – Funceb, que contará com parceria da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA).

O projeto foi apresentado à secretária Julieta Palmeira e a coordenadora de Autonomia, Michelle Fraga, na tarde de ontem (13), em reunião com a diretora geral da Funceb, Fernanda Tourinho, a diretora das Artes, Lia Silveira, e a coordenadora do Núcleo de Artes Circenses, Vika Menezes.

Após a finalização do Mapeamento e Memória do Circo na Bahia feito pela Funceb, foi observado o grande índice de machismo e falta de oportunidades para as mulheres do circo. De acordo com Vika Menezes, as mulheres circenses são frequentemente condicionadas a assumirem um papel de submissão e têm suas imagens desvalorizadas.

É nessa perspectiva que nasce o projeto de autonomia das mulheres do circo. “Junto com a SPM-BA, acredito que faremos um trabalho de empoderamento e combate à violência dentro desses ambientes que ainda guardam tradições de desigualdade de gênero”, avalia Vika.

O Empoderamento das Mulheres de Circo acontecerá da seguinte forma: serão selecionados quatro circos itinerantes da Bahia que tenham maior número de mulheres e interesse em receber uma oficina de iniciação à palhaçaria feminina.

A iniciativa será realizada em três dias, quando a técnica da SPM-BA realizará palestras sobre empoderamento feminino e enfrentamento à violência; uma oficineira contratada pela Funceb promoverá as oficinas de iniciação à palhaçaria feminina; e ao final, o palco estará aberto às apresentações das mulheres circenses.

A secretária Julieta Palmeira elogiou a iniciativa e declarou que a SPM-BA está muito honrada em poder fazer parte de um projeto como esse, que levará conhecimento e autonomia para as mulheres do circo.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.