• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

19/07/2017 17:40

Presidente Tancredo Neves recebe ações da Caravana Respeita as Mina

Promover oficinas de capacitação e enfrentamento à violência contra as mulheres para estudantes da rede pública, representantes da sociedade civil e integrantes da rede de atenção à mulher em situação de violência. Foi com esse intuito que a Caravana Respeita as Mina, da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), desembarcou na cidade de Presidente Tancredo Neves, nesta quarta-feira (19/07).

Após as rodas de diálogos, realizadas pelas técnicas da SPM-BA, aconteceu a apresentação das Rosas pela Democracia, grupo formado por mulheres que, de forma lúdica, chama a atenção para a importância em denunciar a violência contra as mulheres.

Durante o ato institucional, a titular da SPM-BA, Julieta Palmeira, destacou a importância em fortalecer a rede de atenção e oferta dos serviços especializados. “Além disso, temos que entender que os dados da violência contra a mulher são alarmantes, mas ainda são subnotificados, ou seja, esses números são bem maiores. As mulheres não podem continuar morrendo por causa do machismo”, alertou.

Com uma população estimada em pouco mais de 27 mil habitantes, o município está entre os 100 com maiores taxas de assassinatos de mulheres no Brasil, de acordo com o Mapa da Violência de 2015. Na Bahia, é o 13º com maior índice de morte de mulheres. A cidade de Presidente Tancredo Neves tem uma taxa média de 11,9% de homicídios de mulheres.

O prefeito Antônio Mendes agradeceu a iniciativa da SPM-BA no município e o apoio do Governo do Estado nas ações da cidade. Segundo ele, o combate à violência é de responsabilidade de toda a comunidade.

Para a secretária Municipal de Assistência Social, Jucinéia da Silva Cardoso, aparecer na lista dos municípios mais violentos não é motivo de felicidade. “Mas, vamos aproveitar a oportunidade e lutar pelo fim da violência. Esperamos que as mulheres se sintam mais seguras para denunciar os agressores. Obrigada a secretária Julieta Palmeira e a equipe toda pela Caravana, que atingiu o objetivo e a expectativa do nosso município”, declarou.

A mesa institucional contou com as presenças das representantes da prefeitura de Valença, Luciane Silva, e do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar, Roselia Santos, dos secretários municipais de Educação, Antônio Osvaldo, de Administração, Maria Rita Mendes, e de Saúde, Erivaldo Brito, além da coordenadora da Mulher, Leidiane Moura.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.